Guajará-Mirim,

SAAE supre demanda de moradores que não tinham acesso ao esgotamento sanitário, apesar de morar em bairro atendido com rede de esgoto

Por Redação
Publicado 28/06/2022
Atualizado 28/06/2022
A A
Foto: Assessoria

Na manhã desta segunda-feira uma equipe do SAAE esteve no bairro Novo Cacoal, na quadra entre a Rua Antônio João e Copacabana, no trecho compreendido entre as ruas Almirante Barroso e Ana Lúcia, para informar à população de que várias residências, antes descobertas da rede de esgoto, agora foram beneficiadas, graças à nova política da autarquia em priorizar a implantação do serviço de esgotamento sanitário em trechos que por alguma razão não possuíam essa cobertura. 

O presidente do SAAE, Thiago Tezzari, esteve no local para esclarecer as dúvidas da população e falar à imprensa sobre mais essa ação e esteve acompanhado do vice-prefeito Cássio Góis, que esteve no local representando o prefeito Adailton Fúria, que se encontra em Brasília em busca de mais recursos para atender às demandas da população. O chefe de gabinete do prefeito, Sílvio Machado, também esteve no local para ouvir os moradores. 
De acordo com Thiago Tezzari, apesar de Cacoal ser um dos municípios mais bem servidos com a rede de esgoto, alguns trechos, como esse hoje atendido, estão sem cobertura.

“Os moradores agora beneficiados estão recebendo um folheto onde estão todas as informações de que precisam para conectarem suas casas à rede de esgoto. Esse investimento vai dar aos moradores uma maior qualidade de vida, pois a falta de esgotamento sanitário representa sérios riscos à saúde pública”, afirmou Tezzari.

O vice-prefeito Cássio Góis enalteceu o trabalho do SAAE e afirmou que o Thiago Tezzari tem experiência em gestão para entender que não basta as grandes ampliações em rede de esgoto, pois também há necessidade de verificar as lacunas existentes onde a rede já foi implantada e assim haja mais casas interconectadas ao sistema de esgotamento sanitário.

Um dos moradores do bairro, o senhor Natalino C. Farias, afirmou que estava muito feliz por agora ter acesso ao esgotamento sanitário. “Moro aqui há 30 anos e em todo esse tempo sonhamos com a possibilidade de poder ter acesso à rede de esgoto. O pessoal do SAAE foi muito atento e trabalhou muito bem para que o maior número de casas fosse atendida”, afirmou.

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?