Guajará-Mirim,

Idoso leva tiro no peito, após dizer que ia “c...” esposa do amigo e desafiá-lo a atirar
Ambos os envolvidos na briga, bem como a mulher, que seria pivô do crime, são sexagenários

Publicado 22/02/2021
A A

Por volta das 11:30h de sábado, 20, um homem de 62 anos foi baleado no peito, após dizer que iria “c...” a mulher do amigo e ainda o desafiar a atirar nele se tivesse coragem.

Segundo o registro do caso, a vítima identificado pelas iniciais [E. S.] e o atirador, identificado pelas iniciais [G. J. S.], de 68 anos, estavam juntos na rua 8.510, no bairro Assossete, em Vilhena, quando começaram a discutir.

Revoltado com as declarações da vítima, de que iria manter relações sexuais com sua esposa, o atirador se dirigiu até sua casa, próxima do local e se apossou de uma garrucha.

De volta ao local, o idoso pediu para o amigo repetir o que havia dito e [E. S.] disse que se [G. J.] tivesse mesmo coragem, que atirasse.

Enfurecido, o atirador efetuou um único disparo contra o peito da vítima, e retornou para casa, onde foi preso, juntamente com a esposa de 60 anos, por terem sido encontrados no local, além da garrucha usada no crime, um revólver Rossi de calibre 22 carregado com sete munições intactas, 17 munições de calibre 22, quatro de calibre 32, cinco cartuchos também de calibre 32 , dois cartuchos de calibre 36  e outros três cartuchos de calibre não identificados, sendo dois vazios e um carregado.

Já o idoso ferido foi conduzido ao pronto-socorro do Hospital Regional e até o momento a reportagem do site não obteve informações sobre o quadro de saúde dele.

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?