Guajará-Mirim,

Bombeiros Militares participam de palestra sobre doação de Medula Óssea e Sangue

Por CBM/RO
Publicado 19/10/2021
A A

Bombeiros Militares participaram na manhã desta terça-feira (19) de palestra sobre transplante de medula óssea e doação de sangue, realizada no auditório do Comando Geral do Corpo de Bombeiros de Rondônia – CBMRO, pela fundação de hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia – Fhemeron.

Constantemente pessoas com doenças hematológicas, imunodeficiências e genética precisam da doação de medula óssea e sangue.

Não são grandes as chances de encontrar um doador de medula e por isso é necessário o maior número possível de pessoas cadastradas no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea – REDOME. O procedimento é simples: Basta preencher uma ficha com dados pessoais e permitir a retirada de 5 ml de sangue.

A medula óssea é encontrada no interior dos ossos (tutano), produza pode ser removida através do cordão umbilical, ou pela coleta periférica (semelhante a uma doação de sangue) e ainda a mais conhecida: através de uma punção no osso da bacia, através de agulha especial, sob sedação.

De acordo com o palestrante da Fhemeron, Lindbergue Oliveira, nos dias 22 e 23 de outubro haverá uma campanha para cadastrar pessoas no Redome, no Porto Velho Shopping. ” Contamos com a parceria com o Corpo de Bombeiros e outros órgãos para multiplicar essas informações”, afirma.

Para a Sargento BM Geisiane, é comum aos Bombeiros Militares realizar a doação de sangue, plaquetas e medula óssea.

REQUISITOS PARA DOAR

Ter entre 18 e 35 anos. E pode doar independente do peso, tipo sanguíneo, ou algumas doenças, mas não pode ter AIDS ou câncer.

Fonte: CBM/RO

Fique ligado!

Quer receber nossas notificações?